Projeto realiza repasse de itens de higiene pessoal e limpeza para a Aldeia Tava’í

Entre as principais recomendações para combater a pandemia do novo coronavírus estão os cuidados com a higiene. Lavar as mãos com frequência, higienizar compras e utensílios que venham de fora de casa e manter, ao máximo, o asseio de máscaras, roupas, calçados e outros artigos. É esse o foco das ações mais recentes do projeto Aldeia Tava’í sem Covid-19, realizado na comunidade guarani de Canelinha com apoio de edital emergencial da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).


Durante essa semana foram realizadas entregas de kits de higiene pessoal, compostos por escovas e pasta de dente, sabonetes, shampoo e desodorante para os homens. Para as mulheres, o kit continha os mesmos itens, com a adição de condicionadores e absorventes. Também foram entregues materiais de limpeza, que servem para a higienização de moradias e ambientes coletivos da comunidade, como água sanitária, álcool, detergentes, desinfetantes e sabões em barra para cada família e para a escola da comunidade, convertida em centro de triagem pelo projeto durante o período de pandemia.


“A entrega de produtos de limpeza e higiene individual pelo projeto da Fiocruz é importante porque esses itens são mais difíceis de se conseguir em campanhas de doação e nesse momento de crise sanitária são fundamentais para manter a saúde individual e coletiva na aldeia”, comenta a coordenadora do projeto, Rafaela Catarina Kinas.

O cacique da comunidade, Kuaray Papá, reforça a importância do projeto no momento em que muitas famílias enfrentam dificuldades econômicas decorrentes da pandemia. “As [famílias] que dependem da venda de artesanato, por exemplo, estão há quatro meses sem trabalhar e as necessidades aparecem. Então, essa ajuda do projeto me deixa mais tranquilo e aliviado. As doações foram muito bem recebidas, as famílias não esperavam receber um kit como esses que recebemos essa semana”, afirma.


Kuaray também destaca o envolvimento de toda a comunidade, sobretudo do Agente de Saúde Indígena da comunidade, Nilton da Silva, e do Agente de Saneamento Básico da aldeia, Romário Silveira, nos trabalhos de higienização, separação e distribuição de todos os itens para as famílias. Outro aspecto que merece ser ressaltado nessa fase do projeto é a aquisição de produtos como detergentes, sabões e sabonetes feitos por uma das mulheres da aldeia, Deise Montiel, fortalecendo na comunidade o olhar para a economia solidária.

Finalização da primeira etapa do projeto

As entregas realizadas durante essa semana encerram a primeira etapa do projeto Aldeia Tava’í sem Covid-19, que tinha como objetivos principais a implementação do Centro de Triagem na Escola Kuaray Papá, com espaço para estocagem de materiais e com equipe capacitada para a higienização das doações, além da aquisição de itens de higiene pessoal e coletiva, sinalização da comunidade como território que combate a disseminação do coronavírus, repasse de doações de alimentos, além de somar esforços em outros projetos que realizam doações de alimentos para a aldeia, como o Mutirão do Bem Viver.

Thiago Furtado

Assessoria de Imprensa Projeto Aldeia Tava’í sem Covid-19

Fone/WhatsApp: (48) 99618-8868

thiagofurtadocomunicacao@gmail.com